Boas notícias sobre o GeoSampa, um dos projetos desenvolvidos e apoiados pela SIGMA Geosistemas.

O GeoSampa é um portal de informações geográficas, disponibilizado pela PRODAM e pela SMUL (Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento), contendo mais de 180 camadas de informações geográficas.

A prefeitura de São Paulo, oficializou a plataforma como base de dados oficial do município, aumentando ainda mais a relevância da mesma, através do decreto 57.770, editado pelo prefeito João Dória.

A plataforma já era bastante utilizada pela população e pelos colaboradores municipais, agora tem o status de base de dados oficial, possuindo mais de cem mil acessos mensais únicos.

Este é um passo importante para a correta institucionalização do sistema, permitindo uma sinergia entre os diversos interessados nos dados existentes e publicados através da mesma.

Entre os artigos do decreto, um me chama bastante atenção, oficializando o GeoSampa como plataforma integradora:

Art. 6º Os sistemas de dados e informações municipais de qualquer natureza deverão ser estruturados pelos órgãos responsáveis de forma a permitir sua interoperabilidade e integração com os demais sistemas, facilitando seu escalonamento, reuso e manutenção, e deverão:

I - garantir a simplificação do acesso, de forma a possibilitar à Administração Municipal o uso eficiente de suas informações no atendimento às demandas internas e externas;

II - dar transparência às ações de governo, de forma a permitir o acesso público a todas as informações que não sejam de uso restrito, em conformidade com a legislação pertinente, em especial o Decreto nº 53.623, de 12 de dezembro de 2012;

III - garantir que não haja a sobreposição de ações, evitando o dispêndio desnecessário de recursos e a duplicidade de dados da Administração Municipal.

Parágrafo único. O mecanismo de integração deverá garantir ao usuário acesso à informação atualizada por meio do sincronismo entre os sistemas e as bases externas com periodicidade definida e da atualização da base geoespacial.

O artigo 6° é uma comprovação de nossa filosofia de trabalho: o geoprocessamento pode e deve ser usado de forma inteligente, de maneira aumentar a eficiência do planejamento e redução de custos para a administração pública.

A SIGMA Geosistemas ajuda e ajudou na construção desta plataforma, utilizando apenas tecnologias livres. Dentre os serviços executados, desenvolvemos todas as ferramentas de análise, disponíveis por enquanto na intranet - como filtros, pesquisas geoespaciais, geração de gráficos e agrupamentos.

Em tempo, gostaria de parabenizar a toda equipe envolvida no GeoSampa e ao prefeito, por uma decisão acertada.

Ainda teremos muitas novidades sobre esta plataforma. Fique ligado!